A seguradora não pagou a indenização devida?

Somos Especialistas em Direito Securitário - Advogado de Seguros Para Reverter Negativas de Indenização. Agende uma Consulta!

Advogado de Seguros

Advogado de seguros: cuidamos das relações contratuais entre segurados e seguradoras. Oferecemos serviços em diversos ramos de seguros, garantindo a defesa dos interesses dos segurados e terceiros em processos contra seguradoras. Nossa missão é assegurar a proteção e o respaldo legal necessário em situações de seguradoras que negam pagamento de sinistros, atuamos em processos judiciais para recebimento de indenizações de seguros.

VEJA QUAIS AS PRINCIPAIS RAZÕES PARA NEGATIVAS INDEVIDAS DE PAGAMENTO DE INDENIZAÇÕES OU SINISTROS PELAS SEGURADORAS, NO CASO DO SEGURO DE VIDA.

● Cancelamento do seguro de vida devido a atraso no pagamento das parcelas (inadimplência)
● Negativa do seguro de vida devido à doença preexistente
● Recusa do seguro de vida devido à embriaguez
● Rejeição do seguro de vida devido a suicídio
● Falta de cobertura para o risco2020
● Sinistro ocorrido fora do prazo de carência
● Problemas com seguradoras em relação a seguro de automóveis.

Além disso, há outras alegações desculpas, muitas vezes indevidas para o não pagamento da indenização do sinistro como:

● Mentir sobre suas informações
● Perfil incorreto
● Mudança de perfil durante a vigência
● Dirigir embriagado
● Emprestar o carro para pessoas não habilitadas
● Atraso de pagamento
● Sinistro intencional
● Agravamento de risco
● Colocar acessórios de valor no veículo
● Mudanças na estrutura do veículo
● Levar vantagem em cima da seguradora
● Sinistro envolvendo veículos de parentes de 1º grau ou cônjuges
● Acidentes provocados por terceiros
● Tumultos generalizados
● Dirigir na contramão
● Dirigir acima da velocidade permitida
● Documentação incompleta
● Falta de cobertura

POR QUE ESCOLHE NOSSOS SERVIÇOS?

ATENDIMENTO FLEXÍVEL

Comunicação clara e didática, estamos disponíveis tanto online quanto presencialmente, tornando todo o processo mais prático e acessível.

COMPROMETIMENTO

Buscamos sempre a melhor solução para nossos clientes, proporcionando resultados excelentes e de qualidade superior.

DOMÍNIOS DE LEIS

Quando você tem um espacialista capacitado ao seu lado, tenha certeza que pode ser a chave para ganhar a causa.

ESSES SÃO ALGUNS DOS NOSSOS DIFERENCIAIS!

DEPOIMENTOS

Daniele Custodio
Daniele Custodio
2023-10-04
Escritório com muita seriedade e competencia, eu nao podia fazer uma melhor escolha para me apoiar, indico com toda certeza.
Anderson siqueira mello
Anderson siqueira mello
2023-09-18
Escritório de advocacia com total competência para atuar nos mais diversos e complexos casos. Fui muito bem atendido pelo advogado doutor Maurício, ao qual atuou de forma rápida e eficaz no meu caso. Recomendo!!!
Jack Varani
Jack Varani
2023-06-23
Um ótimo advogado, honesto e justo.
Elton Cleto
Elton Cleto
2023-05-25
Trabalho excelente, nota dez com estrelinhas douradas!!!!
thoni mendes
thoni mendes
2023-03-16
Estava precisando de um advogado, quando me deparei com os comentários do Dr.Marcos, da advocacia MAURICIO SOUZA ADVOGADOS. Realmente foi o melhor advogado que já tive, deixo aqui 10 estrelas, E parabenizo por ser um Profissional exemplar e excelente obrigado Dr.Marcos e a recepcionista que é muito Cordial.
Mariane Machado
Mariane Machado
2023-03-14
Meu atendimento foi ótimo os advogado são super educados foi super bem atendido me ajudaram bastante e agradeço mesmo por tudo Super indico eles

PERGUNTAS FREQUENTES

Qual o prazo para seguradora pagar a indenização?

A liquidação dos sinistros e o pagamento da indenização deverá ser feita num prazo não superior a 30 dias, contados a partir da entrega de todos os documentos básicos apresentados pelo segurado ou beneficiário(s).

 

Sim, em alguns casos a seguradora pode se recusar a pagar um sinistro, como, por exemplo, no caso de apresentação de informações falsas ou omitidas na hora de contratar o seguro.

 

A seguradora poderá cobrar do culpado do sinistro todos os valores pagos ao segurado, incluindo danos materiais, danos corporais, despesas médicas, entre outros prejuízos cobertos pelo contrato de seguro.

 

Sim, em algumas situações, a seguradora pode cancelar a apólice, por exemplo, se o segurado deixar de pagar alguma parcela do valor devido (chamado de “prêmio”. Porém, antes de cancelar a apólice, a empresa é obrigada a notificar o segurado sobre a inadimplência e lhe conceder um prazo para pagar o débito.

 

Nesse caso, é possível recorrer judicialmente caso a seguradora se recuse a pagar o sinistro. O segurado pode ingressar com uma ação na Justiça para requerer o pagamento da indenização devida.

 

Copyright ©2023 All rights reserved | Site is made with by Agência Buust.